ALVENARIA ESTRUTURAL : COMO PLANEJAR O SISTEMA PARA OBTER TODAS AS VANTAGENS

ALVENARIA ESTRUTURAL : COMO PLANEJAR O SISTEMA PARA OBTER TODAS AS VANTAGENS

Nós da LÓGICA CONSTRUTORA, devido à grande expertise que acumulamos ao longo dos anos na execução de obras em alvenaria estrutural, gostaríamos de passar aqui um pouco da nossa experiência nas diversas fases de um empreendimento em alvenaria estrutural.  Hoje vamos falar da fase anterior ao início da obra, que envolve muito planejamento e estudo.

A alvenaria estrutural pode ser um sistema que alia baixo custo com alta produtividade, mas para isso ocorrer alguns cuidados importantes devem ser tomados na fase preliminar à obra:

    • Em primeiro lugar, é necessário a contratação de um projeto elaborado por arquitetos e engenheiros calculistas especializados no sistema. A modulação das paredes deve ser pensada desde a fase do projeto legal, e o cálculo estrutural envolve especificidades que faz com que somente um profissional altamente especializado possa desenvolver um projeto seguro e ao mesmo tempo econômico. A taxa de groute e de armadura das paredes são  parâmetros importantes para o sistema ter alta produtividade e baixo custo. Outra questão importante diz respeito à estrutura de transição do sistema de alvenaria estrutural para o sistema convencional, que normalmente ocorre no térreo ou subsolo para determinadas tipologias de projeto. Um estudo detalhado de custos nessa fase vai mostrar se o projeto permite vantagens substanciais na utilização da alvenaria estrutural. Grande volume de concreto nas vigas e lajes de transição pode inviabilizar o uso do sistema.

    • A partir do projeto, deve-se pensar num detalhado Planejamento do Canteiro e da Logística da Obra. Deve-se levar em consideração o transporte vertical e horizontal dos materiais, a localização das baias de produção de argamassa, o acesso dos Caminhões para facilitar os grauteamentos e concretagens, e o armazenamento dos blocos e ensacados. Somente com um fluxo otimizado da produção será possível alcançar alta produtividade. Um Projeto do Canteiro, mostrando os fluxos de materiais, e um Plano de Ataque da Obra são fundamentais nessa fase.

    • Planejamento Físico da Obra: Definidos Projeto, Canteiro e Plano de Ataque, deve-se proceder a um minucioso detalhamento da produção. Não trata-se aqui de somente de fazer um Cronograma Pert-CPM. Esse é obrigatório em todos os planejamentos de obra, mas para um ciclo realmente racionalizado da alvenaria estrutural, deve-se detalhar o ciclo de produção de cada andar dia a dia, prevendo-se o tempo de execução de cada atividade, assim como o efetivo de mão de obra e o consumo de materiais. Nesse caso novamente o Know-how de uma empresa especializada faz a diferença. Saber prever a mão de obra e insumos necessários vai permitir uma melhor organização da produção, o que vai evitar imprevistos e atrasos, permitindo a execução de cada pavimento dentro do melhor prazo e custo possível.

Dos tópicos apresentados acima, fica claro que a alvenaria estrutural é bastante competitiva e pode aliar baixo custo com velocidade de obra, porém deve-se dar grande importância para os projetos e planejamento. Deve-se levar em consideração que esse sistema é racionalizado, portanto não aceita improvisos e desorganização no Canteiro, sob risco de perder-se todas as vantagens do sistema.

 

Na próxima publicação, nós da LÓGICA CONSTRUTORA vamos falar mais um pouco da importância de alguns aspectos que fazem a diferença no Planejamento desse sistema.

 

Escrito por: Eng. João Carlos Schalch

Fique por dentro das novidades

POSTS INSTAGRAM > Lógica Construtora